Técnicas de aumento de pênis

Rate this post

Técnicas de aumento de pênis

O que é um aumento de pênis?

O engrossamento do pénis é um procedimento cirúrgico que visa aumentar o diâmetro do membro genital masculino, entre 1 e 3 cm é realizado por um cirurgião, em geral, um UROLOGISTA, empregando normalmente gordura autóloga do paciente (lipoimplante, Enxerto dermograso, retalhos de gordura suprapúbica), embora hoje se empregam diversas técnicas com materiais heterólogos, como a injeção de implantes compostos por outros materiais (injeção de ácido hialurônico, gel russo ou hidroxiapatita de cálcio), ou o aumento de pênis, com lâminas de colágeno.

Engrossamento do pénis Instituto Urandes

Anatomia do pênis, para evidenciar o plano no qual se infiltra a gordura autóloga do paciente

Posso ser candidato a um aumento de pênis?

Habitualmente há homens que, apesar de ter um comprimento de pênis, em um intervalo normal, têm um contorno mais estreito do que esteticamente parece esperado. Para isso, desenvolveu-se a técnica de aumento de pênis ou faloplastia de aumento, que consegue aumentar a circunferência do pênis, bem com gordura autóloga (extraída do próprio paciente), bem com os materiais heterólogos.

Os critérios definidos para submeter-se a esta intervenção tem um componente psicológico e estético, mais do que físico. Só se obtém uma melhoria visual do pênis em repouso. Não vai melhorar o funcionamento do órgão viril, nem a capacidade de estimulação do pênis na relação sexual, assim como também a qualidade das mesmas.

Embora o aumento de espessura do pênis vai depender, na maioria dos casos, a espessura da gordura disponível da pessoa, não é recomendável um aumento total de mais de 3 centímetros. Há que ter presente que a gordura autóloga injetada geralmente reabsorberse pelo corpo parcialmente ao ano. Por isso, não é descartável se submeter a uma segunda cirurgia para injetar mais gordura até alcançar os resultados desejados. A gordura que se mantenha após o primeiro ano ficará mais permanente, mas pode dar lugar a assimetrias, que devem obedecer a posteriori.

Técnicas de Espessamento de Pau, pelo Instituto URANDES

Para o lipoimplante primeiro devemos extrair a gordura autóloga do próprio paciente de áreas pré-determinadas

Quais são as técnicas de aumento de pênis?

Até recentemente, a injeção de gordura autóloga era a técnica mais comum e mais eficaz, existem outros tratamentos para o aumento de pênis que são utilizados na atualidade:

Lipoimplante. É o enchimento feito à base de microinjertos de tecido adiposo do próprio paciente. Utilizamos anestesia local e o procedimento consiste em extrair, em primeiro lugar, o tecido adiposo necessário de zonas preferenciais: abdômen, flancos, etc., empregando um sistema de lipoaspiração. A gordura obtida é processado e, em um segundo tempo é injectada sob a pele do pênis desde a raiz do mesmo. Se distribui de forma uniforme em todo o comprimento e perímetro do pénis, salvo na pele prepucial, já que na área da glande não se realiza aumento. A técnica permite a visualização das 3/4 a 4/5 partes da circunferência do pênis e consegue um aumento médio no perímetro de 1,5 cm a 2 cm em flacidez e inferior a 1 cm em ereção. A avaliação de resultados não deve ser feito em menos de 3 a 4 semanas e expor então repetir mais injeções se querem aumentos de perímetro ainda maiores.

Fruto do tratamento de engrossamento do pénis, em pacientes não operados de fimose e não circuncidados, as dobras de pele resultantes do deslocamento proximal do prepúcio (para descobrir a glande) apresentará um maior espessura fruto do infiltrado oleosos. O aumento empregando o lipoimplante pode ser realizada concomitantemente a um alongamento cirúrgico de pênis, bine pela seção de ligamento ou através de um extensor.

Como a melhoria da técnica, o momento atual recomenda-se o uso de enxertos de gordura enriquecido com células-tronco regenerativas para assegurar a persistência da gordura e fornecer um resultado ainda mais natural.

Enxerto Dermograso. Esta técnica requer uma anestesia peridural ou raquídea. O procedimento consiste em gerar um “forro” de entre as 3/4 100% do perímetro do pénis, formado por um enxertos de derme e gordura. Esse enxerto é extraído normalmente, a porção imediatamente superior às dobras glúteos. A cicatriz gerada pelo defeito nessa área costuma ficar escondida em tais dobras e com o tempo você vai inaparente se a cicatrização é adequada. O enxerto é colocado sob a pele. A área é acessada através da pele do prepúcio se não há circuncisão, ou através da área de excesso de pele se há circuncisão. Desta forma, em ambos os casos, a cicatriz ficará totalmente oculta. Pode ser necessária uma segunda incisão ao nível da raiz do pênis para melhorar a colocação do enxerto. Sem ser obrigatório, se o paciente não é circuncidado recomenda-se realizar a mesma em um mesmo ato para obter um melhor resultado estético e funcional. Atualmente, este procedimento está em desuso depois da aparição de lâminas de derme arquêntero, que reduz a duração da cirurgia e evitar cicatrizes.

Técnicas de Espessamento de Pau, pelo Instituto URANDES

A técnica do enxerto ou implante dermograso

Lâminas de Colágeno. Esta técnica utiliza como material de enchimento lâminas compostas por fibras de colagénio e glicosaminglicano e desprovidas de todo tipo de célula e de substância intercelular (como as marcas comerciais Integra® ou Matriderm®). O mecanismo de ação consiste na criação de uma série de “pilares” para que o próprio organismo gera novo tecido conjuntivo na área, o que proporcionará o aumento de espessura. Como acontece com o lipoimplante, podem ser implementadas sem nenhuma manipulação, mas, atualmente, recomenda-se um enriquecimento das lâminas com células regenerativas provenientes da fração estromal de gordura para aumentar a eficiência do processo e obter o maior espessura possível. A técnica de implantação é semelhante à dos enxertos dermograsos, com a vantagem adicional de não criar cicatrizes extras, por não ter uma área doadora. Também como no enxerto demograso, recomenda-se realizar a circuncisão (de não tê-lo feito anteriormente) em um mesmo ato para melhorar o resultado estético e funcional, além de evitar complicações. A técnica oferece resultados muito bons, possivelmente superiores aos do enxerto dermograso e o lipoimplante, mas é mais agressivo e as compilações podem ser mais severas. O aumento final depende do número de folhas enxertadas, mas não é aconselhável implantar mais de três. A técnica pode ser associada a um alongamento quirúgico do pênis.

Retalhos de gordura suprapúbica. Apenas em casos muito específicos, você pode executar estes retalhos de gordura obtida a nível pubianos-abdominal e movê-los até o pênis. As vantagens fundamentais sobre o resto de técnicas pioneiras são: 1) não tem que prender o enxerto, já que vai irrigado diretamente com o seu próprio sangue; 2) permite-nos dar um pouco mais de espessura final para o pênis. A desvantagem mais importante é que o paciente deve dispor de um adequado espessura de gordura na zona doador para que seja um retalho viável e não deixe sequelas endicho área. Trata-Se, mais uma vez, de um procedimento compatível com as técnicas de alongamento cirúrgico do pênis.

Gel de Aumento Peniano Maxgel:

O Maxgel é um produto 100% natural que deve ser utilizado como um estimulante sexual diretamente no pênis.

Com ele, conseguimos promover uma mudança significativa na intimidade entre os lençóis, sobre a qual você poderá conferir no decorrer deste texto.

O produto pode começar a ser utilizado ainda essa semana por você.

Pois além da compra ser feita rapidamente na internet, ela chega em pouco tempo.

Mas antes de conversarmos sobre a aquisição, quero que você conheça a fundo do que realmente se trata esse produto. Assim, tenho certeza que sua compra será mais segura.

E não há com o que se preocupar pois a marca tem registro na ANVISA – a Agência Nacional de Vigilância Sanitária.

Como é o pós-operatório?

Estas técnicas podem ser feito de forma ambulatorial, sem precisar de internação. Após a intervenção, o paciente terá alta nas 24h seguintes, salvo complicações. Se pênista uma medicação analgésica e um antibiótico. Você pode fazer uma ingestão de alimentos e água, como a realize habitualmente.

É obrigatória a abstinência sexual completa, durante cerca de 1 mês. Em todos os casos, é de suma importância um repouso adequado para facilitar albatana dos tecidos e evitar o seu deslocamento. Quando utilizamos implantes de derme si, enxertos e retalhos, está associada a colocação de drenos para evitar complicações.

Técnicas de Espessamento de Pau, pelo Instituto URANDES

O pós-operatório do aumento de pênis não costuma resultar em problemas sérios, e permite fazer uma vida normal e em pouco tempo

Para o lipoimplante não são utilizados curativos no pênis, nem incisões ou rede de esgotos, enquanto que nos demais, haverá um curativo que deve levar entre 5 a 7 dias e drenagem, durante 24 horas.

São esperables o aparecimento de inchaço e equímosis no pênis, além de que se produza uma induração do mesmo durante algumas semanas. A técnica do enxerto dermograso é comum que as cicatrizes localizadas nas dobras glúteos fiquem dilatadas durante um tempo variável. De forma progressiva, vão clareando, chegando adisimularse.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *