Musculação ou cardio: com que queimamos mais calorias?

Rate this post

É uma das eternas perguntas quando começamos a fazer exercício. Se eu quero queimar calorias para emagrecer, o melhor será recorrer aos exercícios cardiovasculares ou é melhor optar por pesos?


Muito adeptos a musculação usam o Anadrole para ajudar a queimar as calorias e definir seu corpo, com uma formula totalmente natural, o produto ajuda muitos atletas a entrarem em forma, com a combinação de suplementos e exercícios.


Durante muito tempo o pensamento geral tem sido de que os exercícios cardiovasculares eram a melhor opção para queimar calorias. No entanto, essa percepção está mudando e hoje em dia todos os especialistas concordam em que complementar os exercícios cardiovasculares com pesos é a fórmula mais eficaz para atingir os objetivos que se perseguem, já que esta combinação ajuda a criar músculos e acelerar o metabolismo, o que favorece a queima de gordura maior.


Assim o comprovam pesquisadores da Universidade de Wake Forest, dos EUA, para quem a melhor opção é combinar os exercícios com peso, com exercícios cardiovasculares, além de uma dieta baixa em calorias. Para entender as chaves dessa conclusão, há que ter em conta que os exercícios cardiovasculares e atuam como um queimador de gordura imediatamente. De acordo com o American College of Sports Medicine, neste tipo de treino cardiovascular (aeróbico), como andar de bicicleta ou correr, se aumenta a frequência cardíaca e a respiração mediante o uso de grandes grupos musculares de forma repetitiva e rítmica.


calorias-ginásio


Neste caso, se exercita o corpo, tomando como fonte de energia, as gorduras e, em menor medida, o glicogênio, complementado com a presença de oxigênio (exercício aeróbico). Por suas características, no caso dos exercícios de cardio queimam mais calorias desde o primeiro minuto, mas com o passar do tempo e a melhor de nossa condição física, corre-se o risco de que o gasto de energia é estanque e não cresçamos.

calorias-ginásioFoto: GettyImages

Como agem os pesos?



No caso de pesos, trata-se de um exercício anaeróbico, o que o nosso corpo utiliza o glicogênio como principal combustível. Neste caso, é necessário um esforço constante para executar corretamente o exercício. Nesta rotina, o músculo trabalha em seu máximo potencial, necessitando de como combustível principal o glicogênio e aminoácidos do mesmo e sem a presença de oxigênio (exercício anaeróbico), pelo que o número de calorias queimadas, inicialmente é menor em comparação a quando se realizam exercícios de cardio. Em conclusão, as rotinas com pesos, vamos precisar de um maior tempo de exercício antes de que se intensifique a perda de calorias.


No entanto, após os exercícios de musculação inicia-se um processo pelo qual se intensifica o consumo de oxigênio, o que implica também um maior consumo de energia. Neste sentido, com os pesos o tempo para a recuperação muscular é maior, o que faz com que continuem queimando calorias horas depois do exercício.


Estabelece diretrizes



A combinação de exercícios com pesos e cardiovasculares, no entanto, deve ser feito seguindo algumas orientações. Uma das chaves é que as rotinas com pesos devem ser feitos antes que o cardio. Por que antes?


Como já comentado, quando fazemos exercícios cardiovasculares, é necessário recorrer a gordura do corpo como fonte de energia principal e, além disso, também o glicogênio, a mesma molécula que precisam os músculos para desenvolver com êxito uma rotina de levantamento de peso.


Desta forma, quando começamos com os pesos , o corpo já consumiu uma parte importante do glicogênio, o que afeta negativamente a nossa performance e não nos permite realizar um treinamento intensivo, por estar já nossos músculos fatigados. Neste sentido, o exercício é menos eficaz.


Em contrapartida, ao fazer primeiro os pesos, passando posteriormente para a rotina de exercícios aeróbicos, o corpo é obrigado a usar a gordura como combustível, uma vez que temos esgotar o glicogênio dos músculos.


De acordo com os especialistas, combinando ambas as rotinas de forma adequada, a perda de calorias, dependendo da intensidade, pode chegar a ser de entre 600 e 800 por hora de exercício.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *